O Galaxy Ring Promete uma Leveza Extraordinária e Estreia Prevista para Este Ano - Cine Spoters

O Galaxy Ring Promete uma Leveza Extraordinária e Estreia Prevista para Este Ano

A Samsung surpreendeu ao revelar, no final do evento Galaxy Unpacked, o Galaxy Ring – o primeiro anel inteligente da marca, projetado para competir com modelos como o Oura Ring 3 e o Amazfit Helio Ring. Em uma entrevista com o Canaltech, o presidente e líder de Mobile eXperience, TM Roh, compartilhou mais informações sobre o dispositivo, abordando a previsão de lançamento, os sensores incorporados e o público-alvo.

De acordo com o executivo, o Galaxy Ring integra uma nova etapa do Samsung Health, na qual a marca proporcionará funcionalidades avançadas de saúde e bem-estar. Ele estará presente constantemente na vida dos usuários, monitorando-os 24 horas por dia e auxiliando-os na busca por um estilo de vida mais saudável.

Galaxy Ring chega nesse ano de 2024

O Galaxy Ring está programado para chegar em 2024. Se você está ansioso para saber quando poderá adquiri-lo, fique tranquilo, pois ele estará disponível nas lojas ainda neste ano. Embora a data exata não tenha sido revelada, há expectativas de que tudo esteja pronto para o lançamento no início do segundo semestre. Isso, por sua vez, inicia especulações sobre a data do próximo Galaxy Unpacked, previsto para ocorrer entre julho e agosto.

Quanto aos detalhes de preços, há poucas informações disponíveis. No entanto, podemos ter uma referência nos valores praticados por concorrentes, como a Oura, cujos produtos costumam girar em torno de US$ 300 (aproximadamente R$ 1.500 em conversão direta).

Galaxy Ring terá sensores de saúde e bem-estar

Mesmo que as imagens reveladas pela Samsung já sugerissem, informações concretas sobre os sensores presentes no Galaxy Ring eram escassas até o momento. O anel inteligente da Samsung será direcionado para aqueles que desejam monitorar suas métricas de saúde e atividades físicas, mas preferem evitar o uso de um relógio, especialmente durante o sono.

O Galaxy Ring contará com sensores típicos da categoria, como os de batimentos cardíacos, saturação de oxigênio no sangue (SpO2), monitoramento do sono e contador de passos. Ele se apresenta de forma mais simplificada em comparação aos relógios da série Galaxy Watch. Essa abordagem mais simples resultará em uma autonomia de bateria significativamente maior, embora ainda não haja uma estimativa específica disponível. Por comparação, o Oura Ring 3 oferece uma autonomia de bateria para até 7 dias de uso, enquanto a linha de relógios da Samsung geralmente atinge dois ou três dias, por exemplo.

“As principais informações do Galaxy Ring. Ele irá monitorar pontos-chave da saúde do usuário, como batimentos cardíacos, saturação do oxigênio do sangue (SpO2), contador de passos e monitoramento de sono, sendo capaz de dar uma pontuação para sua qualidade de sono.” — TM Roh, presidente e líder de Mobile eXperience da Samsung

Expandindo o Samsung Health

O Samsung Health já faz parte essencial do ecossistema da linha Galaxy Watch, contudo, a proposta da empresa sul-coreana é estar presente em todos os momentos da vida dos usuários. Conforme TM Roh destaca, para assegurar a eficácia da saúde digital, é crucial ter acesso às informações pertinentes no momento adequado, uma conquista possível apenas por meio de dispositivos vestíveis.

A partir das observações e feedbacks dos usuários em diversas partes do mundo, a Samsung identificou que muitas pessoas optam por não usar relógios durante o sono devido ao conforto ou desejam uma maior autonomia de bateria. Diante dessa constatação, tornou-se imperativo ir além, oferecendo um produto capaz de suprir essa lacuna e ser utilizado pelo maior tempo possível. O dispositivo mais adequado para atender a essas necessidades acabou sendo o anel.

Em contrapartida, o anel ainda não terá a capacidade de fornecer todos os dados que podem ser coletados e, especialmente, exibidos pelo relógio, uma vez que não dispõe de tela ou do sensor BioActive. Portanto, a recomendação ideal seria utilizar ambos dispositivos durante a maior parte do tempo. A sincronização entre eles aprimorará a precisão dos dados do Samsung Health, possibilitando a visualização dessas informações a qualquer momento, sem a necessidade de recorrer ao smartphone.

“Continuar desenvolvendo o Samsung Health é primordial, pois saúde digital é algo cada vez mais importante para os usuários. E, para garantir a usabilidade da saúde digital, é importante ter os dados adequados no momento certo. Isso é algo que você precisa fazer com um wearable, porque um dispositivo vestível está sempre monitorando seus dados, dados importantes de saúde. Isso permite ter insigts sobre seu estado de saúde, ajudando a tomar decisões rápidas caso necessário. Pesquisas feitas com usuários ao redor do mundo nos mostraram as preferências ao usar o relógio mesmo ao dormir. Para o Galaxy Watch, eles acreditam que o relógio está provendo informação suficiente e correta sobre os dados de saúde. Porém, nem todos gostam de usar o relógio ao dormir mas ainda assim gostariam de manter o acompanhamento do sono, o que nos fez perceber uma oportunidade. Algo que possa ser vestido por um longo tempo de forma contínua e também ao dormir, e que possa suportar uma longa autonomia de bateria. Achamos que a melhor forma de alcançar isso era com o anel, e o formato ainda permitiria estar em constante monitoramento dos dados de saúde, nos permitindo melhorar ainda mais o Samsung Health. Unindo isso ao uso de inteligência artificial, acredito que iremos aperfeiçoar a saúde digital e levar tudo a um novo nível.” — TM Roh, presidente e líder de Mobile eXperience da Samsung

Funções voltadas para América Latina

O Presidente de MX da Samsung também mencionou que o Galaxy Ring apresentará funções e características especialmente voltadas para a América Latina, confirmando seu lançamento na região. Embora não tenham sido fornecidas informações detalhadas sobre essas funções ou características específicas, ele assegura que as necessidades dos usuários latinos interessados em monitoramento de saúde estão sendo consideradas durante o desenvolvimento do produto.

“Eu acredito que o Galaxy Ring encaixa com as necessidades dos entusiastas da saúde digital na América Latina, então vamos desenvolver os produtos nessa direção, otimizando funções para consumidores da América Latina que serão apresentadas em sua localidade ainda este ano.” — TM Roh, presidente e líder de Mobile eXperience da Samsung

Matheus

CEO, diretamente responsável pela manutenção, otimização, configuração e SEO de todos os sites de minha propriedade. Além disso, atuo como colunista, editor e programador para esses sites. Também sou especialista em marketing digital. Possuo diversos canais no YouTube e outras plataformas de mídia social com milhares de seguidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo